Joinville: Cidade dos príncipes em Santa Catarina

Joinville: Cidade dos príncipes em Santa Catarina

7 de fevereiro de 2019 0 Por Isa

Joinville é conhecida como a cidade dos príncipes, fica localizada no litoral de Santa Catarina. Reserva muitas histórias, surpresas e atrações para conhecer

Chegada em Joinville

Joinville foi uma estadia bem rapidinha e corrida, mas sem dúvida guardamos muitas lembranças e histórias boas da visita. Viemos de Curitiba através do Bla Bla Car, que é um aplicativo de caronas muito bom (se quiser conhecer mais, veja esse post aqui). Nossa ida de carona nos possibilitou economizar tempo e dinheiro, oque foi muito bom para o mochilão.

A cidade de Joinville faz parte de um mochilão de uma semana que fizemos aqui pelo sul do Brasil, o post com outras cidades está aqui.

Hospedagem

Essa foi uma experiência maravilhosa que Joinville nos proporcionou: Ficarmos hospedados no Airbnb da Micheline e sua filha Chiara. Foi a nossa primeira experiência com a plataforma, e confesso que estávamos muito receosos com a proposta.

A experiência foi maravilhosa em tudo, tanto na recepção, quanto na conversa e o como nos sentimos em casa em estar lá. A casa que ficamos era bem localizada, bem no centrinho de Joinville oque nos facilitou bastante. Pudemos usar a cozinha e fazermos nossas comidas e lanches, além das dicas que recebemos.

Airbnb é uma excelente opção para sua hospedagem na próxima viagem. Para ganhar R$130 de desconto ao se cadastrar na plataforma é só usar o meu link acessando aqui. Caso esteja curioso e queira conhecer mais da proposta do Airbnb, veja esse post aqui que tem tudo explicadinho

Transporte

Com a facilidade de estarmos bem pertinho do centro, nossos passeios foram feitos todos à pé. Exceto nossa chegada e saída da cidade, que usamos uber para facilitar com as mochilas e os pesos que levamos.

Na planilha eu disponibilizo nossos gastos, lembrando que essa viagem foi feita em janeiro de 2017 e pode ter a variação do preço de lá pra cá.

Passeios em Joinville

Nosso tempo na cidade foi bem limitado, mas adoramos estar na cidade de Joinville que é conhecida por várias coisas: Tem o único teatro de Bolshoi fora da Rússia, é conhecida como cidade das bicicletas, tem decorações lindas de arquitetura Alemã além de ser um lugar muito fofinho e organizado. 

Para lidar com o tempo limitado (1 dia e meio de cidade), planejamos ir nos lugares mais próximos e mais baratos também. Por isso um roteiro pequeno, mas Joinville tem outras atrações que tivemos que deixar de fora do roteirinho.

Museu Nacional de Imigração e Colonização

Museu do Imigrante, Joinville - Santa Catarina

Quem me conhece sabe que adoro histórias, principalmente as locais e que revelam sobre a região que visito. Por isso sempre procuro visitar algum museu ao conhecer uma cidade, e em Joinville não foi diferente. Fomos conhecer o museu que é a antiga sede da Colônia e entender da história da cidade e o porque ser chama cidade dos príncipes. 

A história conta que a cidade foi dada ao como presente de casamento ao filho do Rei Luís Felipe I, sendo que o presente dado nunca chegou a ser habitado pelos presenteados. Por isso que a Joinville é conhecida como cidade dos príncipes, mesmo que nunca tenha sido habitada por eles.

A entrada do museu é gratuita e eu super recomendo a visita.

Casa Memorial e Cemitério do Imigrante de Joinville

Nesse local não tiramos fotos, mas gostamos muito de conhecer a história do local através de um CEMITÉRIO! Isso mesmo, um cemitério do imigrante que é uma casa memorial local. Joinville tem algumas surpresas, e essa foi uma delas: Conhecer as covas e as histórias contadas pelo guia.

De início eu fiquei com um pouquinho de medo na verdade, mas foi uma excelente experiência conhecer a história dos imigrantes de uma maneira diferente. O museu é de entrada gratuita, e para quem é curioso como eu recomendo muito a visita!

Rua das palmeiras

Rua das Palmeiras, Joinville - Santa Catarina

As palmeiras que dão vida à essa rua, são centenárias e parte da história local. As primeiras sementes foram trazidas em 1867 por Fréderic Bruestlein que era o representante do príncipe. Fréderic sabia que Francois Ferdinad (o príncipe de Joinville) gostava muito dessas árvores, e trouxe o tipo de Palmeira real para enfeitar a cidade. Fréderic também foi o responsável por projetar o casarão que receberia os príncipes, e que atualmente é o museu de imigração nacional.

Essas palmeiras são motivo de orgulho aos moradores de Joinville, e contam muitas histórias da cidade. Sem falar das lindas fotos que essa vista rende, não deixe de conhecer! Ela fica bem no centrinho da cidade e bem acessível

 

Biblioteca Pública Municipal Prefeito Rolf Colin

Fomos parar na biblioteca por acaso, mas acho uma excelente dica para dar aqui. Como estava chovendo, procuramos um lugar para nos abrigar (Joinville tem uma regularidade boa de chuvas rs). Encontramos a biblioteca e entramos para conhecer o espaço.

O empréstimo é realizado somente aos moradores locais, mas além de você poder consultar o acervo eles tem um espaço MUITO bacana para passar o tempo. Uma salinha com cadeiras, puffs e tomadas para você recarregar um pouquinho das energias. Se precisar descansar e ler um bom livro em Joinville, já sabe! 😉

Gastos totais na cidade

Nossos gastos em Joinville foram bem baixos, mas também ficamos somente 1 dia e meio. As nossas despesas foram basicamente com hospedagem e transporte (de chegada e saída da cidade). Como sempre cozinhamos no local e conseguimos economizar bem nessa viagem.

Para 2 pessoas gastamos R$232 reais nesse tempinho que ficamos lá. Esses valores incluem todos os gastos que tivemos por lá, para conferir os gastos é só baixar a planilha aqui.

 

Está planejando sua viagem para Joinville

Já reservou a sua hospedagem? Com esse link você ganha R$50,00 de desconto reservando pela Booking.

E com esse link você ganha R$179,00 de desconto pelo Airbnb, caso não seja cadastrado ainda.

Se for de ônibus, experimente a Buser com esse link e pague até 60% a menos que na rodoviária

Para maiores dúvidas sobre Joinville comente aqui, ou entre em contato 🙂

Nos acompanhe nas redes sociais e veja o dia a dia das viagens! Não perca nenhuma novidade 🙂
Vamos falar mais de viagem?